Pessoas com idades de 30 a 39 anos continuam sendo a maioria no número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) na Bahia. De acordo com dados divulgados pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), do total de diagnósticos registrados, 73.307, até esta terça-feira (30), 19.663 são de pacientes dessa faixa etária, o que representa 26,82% do total de registros. 

O relatório diário apresentado pela Sesab mostra ainda que 15.731 diagnósticos são de pessoas com idades de 40 a 49 anos (21,46% dos casos). Os jovens de 20 a 29 somam 11.390 ocorrências confirmadas (15,54%). Veja a tabela completa:

As confirmações ocorreram em 385 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (47,05%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Itajuípe (1.898,39), Gandu (1.539,98), Ipiaú (1.510,69), Uruçuca (1.271,99) e Itabuna (1.210,00).

Diante dos números, o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, fez um alerta através das redes sociais. Em uma publicação feita no Twitter, ele comparou a faixa etária da maioria dos diagnosticados com a idade das pessoas que mais morrem em razão da doença, ou seja, apesar dos jovens liderarem o número de contaminados, os idosos são maioria no que se refere aos óbitos.

“Não é uma doença de idosos. É uma doença de jovens que mata idosos. A absoluta maioria tem menos de 40 anos. A maior chance de contágio é entre os jovens, que levarão a doença aos seus idosos, que por sua vez são os mais vulneráveis a morrerem de #COVIDー19”, alertou o secretário.

De acordo com a Sesab, até esta terça foram registrados 1.853 óbitos provocados pela Covid-19 na Bahia, sendo que 480 deles foram de pacientes com mais de 80 anos. Ainda conforme a pasta, 429 pessoas com idades entre 70 e 79 anos morreram por coronavírus no estado. Veja a tabela completa:

Comente Você Também!

comentários