Dias d’Ávila: Vereador Renato Henrique volta a bater de frente com aliados

O cenário político do município de Dias d’Ávila há tempo vem sendo movimentado por atritos nas relações de membros do Partido dos Trabalhadores. Na sessão ordinária desta quarta-feira (03) um desentendimento entre os vereadores Renato Henrique (PT) e o líder do governo Junior de Araci (PT), apresentou um novo racha dentro do partido.

Após o questionamento de Junior sobre Projeto de Lei 223/2018 que dispõe sobre a utilização de banheiros de acordo com a identidade de gênero que não teria entrado em pauta para votação, a explicação do 1º Secretário, vereador Renato Henrique, não foi satisfatória para o edil. Renato afirmou que o projeto não entraria na pauta e que diria os motivos para não entrar, um deles seria a ausência de parecer da Comissão de Justiça e Redação.

Junior questionou, e alegou que o Projeto já havia sido submetido a primeira votação onde foi aprovado por unanimidade. Com ânimos acalorados, o presidente da Casa, Dr. Zé Carlos (PSD) suspendeu a sessão para tentar mediar a situação e destacou: “Assim vocês me colocam em uma situação difícil”.

Ao retornar a sessão, os debates continuaram, mesmo assim foi colocado em votação se o projeto entraria na pauta onde houve empate por 7 a 7 votos e teve voto de minerva do Presidente da Casa, que foi favorável.

Com a situação, Renato Henrique se absteve de votar, e foi acompanhado pela vereadora Zeni Couto (PSD) e pelo vereador de oposição Junior do Requeijão (PDT).

Esta não é a primeira vez que Henrique bate de frente com aliados da base governista. Antes do recesso parlamentar o petista teve severa discussão com o vereador Thiago Saraiva (PDT) que também precisou ser mediada por Dr. Zé Carlos.

Dentro do próprio partido, o petista criticou de forma rígida a atuação do ex-secretário de educação Marcelino Teodoro, um dos fundadores do PT no município. O confronto entre Renato e Marcelino resultou na saída do então secretário da pasta da educação, e posteriormente na entrada do atual secretário Francisco Lessa que até o momento não conseguiu alinhar boa relação com os servidores da educação municipal.

Em contato com a redação do Bahia Comenta o presidente do diretório municipal do PT em Dias d’Ávila, Ederson Alcântara, alegou que ainda não tinha conhecimento da situação, mas destacou que mantém seu posicionamento ao lado de Renato Henrique. “Sou Renato até debaixo d’água.

 

 

Comente Você Também!

comentários