A Prefeitura do município de Dias d’Ávila publicou no Diário Oficial no dia 29 de janeiro de 2019 a concessão de licença prévia por três anos para a instalação de uma unidade da QUANTAS BIOTECNOLOGIA S/A em Dias d’Ávila.

Segundo o Diário Oficial, a fábrica destinada à produção de 660 ton./mês de Biopolímeros de base seca na forma de pó, deve ser construída na Rodovia BA-512, Km 47,3 no Distrito de Leandrinho.

A expectativa é que a nova fábrica gere emprego e renda na Região. Atualmente o Leandrinho tem a geração de renda aquecida pelas unidades de engarrafamento de água mineral.

Conheça a Fábrica.

As Quantas Biotecnologia S/A é uma empresa de base tecnológica, implantada em 2002 a partir da ampla experiência de profissionais de carreira técnico-científica e administrativa da Rhodia, que buscaram, através de ações e atividades empreendedoras e inovadoras, o desenvolvimento de biopolímeros e enzimas. Após ampla prospecção do mercado brasileiro e mundial optou pela Pesquisa e Desenvolvimento da Goma Xantana, um biopolímero amplamente utilizado nas indústrias de petróleo e gás, alimentícia, farmacêutica, cosmética, têxtil, entre outras.

Por se tratar de um biopolímero hidrossolúvel, obtido através de processo biotecnológico fermentativo, a partir do microrganismo Xanthomonas campestris, foram dedicados anos de pesquisa e desenvolvimento para obter o processo industrial para produção deste extraordinário biopolímero. Fruto desta importante etapa, a Quantas depositou sete pedidos de patente no Instituto Nacional de Propriedade Industrial – INPI, que incluem a utilização de substratos alternativos para produção da goma xantana, co-produção com outros biopolímeros, produção de enzimas, entre outros. O Projeto Quantas, desenvolvido através de tecnologia limpa e inovadora, já possui uma unidade semi-industrial implantada no Centro de Tecnologia Industrial Pedro Ribeiro, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI/Cetind e parceria com o Centro de Pesquisas Leopoldo Américo Miguez de Mello da Petrobras – CENPES/Petrobras, através de Acordo de Cooperação Tecnológica firmado desde 2002.

Toda essa estratégia institucional de desenvolver produtos e processos inovadores renderam a Quantas menções, citações e diversas reportagens, situando-a entre as empresas mais inovadoras do país na área de biotecnologia. Este salutar posicionamento no cenário nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação – C,T&I, somados a estratégia do país para o desenvolvimento do setor, colocam a empresa em uma situação privilegiada e com inestimável potencial.

Diante deste cenário, onde se coadunam os interesses da Quantas Biotecnologia S/A em se instalar no Estado da Bahia, com a estratégia do governo em atrair empresas inovadoras, intensivas em P, D & I, reafirmamos as intenções da Quantas Biotecnologia S/A em construir sua planta industrial e caracterizando-se como a primeira indústria a produzir Goma Xantana no hemisfério sul.

O projeto arquitetônico e executivo tomou como base a construção de uma planta industrial com capacidade para produção anual de 8.200 ton/ano de Goma Xantana, para atender ao mercado nacional, que hoje importa entre 5.500 a 6.000 ton/ano, com crescimento projetado de 10 a 15% ao ano. Após suprir a demanda interna, o passo seguinte será atender o mercado consumidor da América Latina, através da produção excedente ou mesmo de uma nova planta industrial.

Comente Você Também!

comentários