Empresa contrata 250 profissionais para área industrial e mais 128 são treinados

Mais 128 pessoas começaram, na última sexta-feira (7/6), o treinamento para ingressarem no quadro de funcionários de uma empresa prestadora de serviço para o Polo Industrial. O grupo iniciou o processo de qualificação e contratação há aproximadamente 20 dias para o preenchimento de vagas na área industrial, são elas: isolador térmico, montador de andaimes, técnico funileiro e pintor industrial. Até o momento, cerca de 250 profissionais foram contratados. Desse total, 50 formalizam o processo hoje, quando também recebem seus Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

No treinamento, que ocorreu no Centro de Integração e Apoio ao Trabalhador (Ciat), os presentes aprenderam sobre diferentes Normas Regulamentadoras (NRs), que traz conjunto de requisitos e procedimentos relativos à segurança e saúde do trabalhador, cujo cumprimento é obrigatório por parte das empresas.

Entre as normativas abordadas nas duas turmas em treinamento estão a NR 10, que se refere à segurança em instalações e serviços em eletricidade; NR 20, que trata sobre líquidos combustíveis e inflamáveis; NR 33, que aborda a segurança e saúde do trabalhador em espaços confinados; NR 35, trabalho em altura; NR 6, sobre EPI; e NR 9,que fala de Programas de Prevenção de Riscos Ambientais.O treinamento possui 56 horas/aulas, distribuída em sete dias. Ao final, os capacitados são submetidos à avaliação teórica e prática, encaminhadas posteriormente à empresa onde prestarão serviço.

Os selecionados vão atuar durante o período de pré-parada e parada para manutenção em empresas do Polo Industrial do município, tendo o primeiro já iniciado e deve seguir até o início da parada, prevista pro segundo semestre.Essas interrupções programadas são consideradas essenciais para garantir o bom funcionamento das plantas industriais. Do total de profissionais contratados, parte deve ser aproveitada para compor o quadro permanente do empreendimento.

O instrutor, Edson Lima Miranda, fala que o treinamento é muito importante, pois apesar de muitos terem experiência, precisam passar por reciclagens e se atualizarem sobre eventuais alterações realizadas nas NRs. “Aqui, além de passarmos as informações mais técnicas, nos preocupamos em falar sobre o comportamento adequado para um profissional, a postura correta nesses ambientes, bem como estimular o contínuo aperfeiçoamento na área de atuação”, explicou Edson.

Há um ano e seis meses fora do mercado de trabalho, o pintor industrial Dejailton Santos, 41 anos, morador do Parque Verde I, comemora o fato de estar se preparando para ingressar novamente na área. “É bom estar de volta. Estou empolgado e mais uma vez pronto pra dar o meu melhor. Meu foco é crescer de forma conjunta com a empresa”, disse, ao afirmar que está grato pela oportunidade.

Foto: Ascom/PMC

Comente Você Também!

comentários