Bahia

Leilão da Fiol só deve ocorrer no segundo semestre de 2018

on

Para concluir as obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) – que rasga o interior da Bahia até o estado do Tocantins –, técnicos do governo estudam incluir a qualificação do traçado original da Fiol no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) já no próximo ano, segundo o jornal Valor Econômico.

De acordo com a publicação, a Fiol foi concebida para ir de Ilhéus, na Bahia, a Figueirópolis, em Tocantins, mas atualmente apenas o trecho entre Ilhéus e Caetité – com 537 quilômetros e 70,03% de obras concluídas – está qualificado no PPI para ser licitado. A previsão é de que o leilão ocorra durante o segundo semestre de 2018.

Há também obras no trecho de Caetité a Barreiras – mas sem perspectiva de transferência da exploração à iniciativa privada.

Conforme informações do Valor, o governo baiano trabalha para que a Fiol chegue até a Norte-Sul. Em setembro de 2016, o governo federal acordou com o Estado que fosse contratado, pelo Executivo local, a elaboração de um Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica (EVTE).

Segundo o jornal, o governo já disse que bancaria a extensão da Fiol nos lotes que ficam no seu território para a ferrovia poder escoar grãos da região, caso a União não licite a continuação do tramo baiano. “Se for necessário, faremos o pedido de autorização para colocar investimento para que a Fiol chegue no além-São Francisco”, disse, em entrevista à publicação, o secretário estadual da Casa Civil, Bruno Dauster.


*Bahia.ba

Comente Você Também!

comentários

ThemeTF Osage - Multi-Use WordPress Magazine Theme